Brasileiros gastarão R$ 2,2 trilhões em consumo este ano

Apesar da diminuição da demanda por crédito, o consumo dos brasileiros – incluindo todas as classes sociais – será de mais de R$ 2,2 trilhões em 2010. A informação vem do estudo da IPC Marketing Editora, o IPC Target 2010. A empresa especializada em índices de potencial de consumo detalha o consumo de cada um dos 5.565 municípios brasileiros e, para este ano, haverá um acréscimo de mais de R$ 338 bilhões se comparado com o mesmo estudo feito em 2009, que apresentou cerca de R$ 1,8 trilhão.

A maior concentração de consumo fica por conta da classe C, com 23 milhões de domicílios urbanos. Ou seja, 48,7% dos lares brasileiros que, segundo o IPC, respondem por 27,7% de tudo que será consumido no país. Já o consumo da classe média deve manter-se estagnado, com R$ 863,9 bilhões, contra R$ 895,8 bilhões da classe de maior poder aquisitivo. Entre as regiões mais consumistas, o sudeste está na frente de todas, com expectativa de consumo de 52,7%, seguida pelo norte (17,7%) e pelo sul, que deve representar 16,5%.

Nossa análise

O estudo ainda mostra que 4,4% desses R$ 2,2 trilhões, serão gastos com equipamentos eletrônicos como celulares e computadores. Em relação ao ano anterior, tivemos um acréscimo de 32% nesse estudo.

Como teremos uma previsão maior de lucro, devemos estabelecer uma estratégia para aumentar ainda mais o share de participação de nossos clientes junto a essa previsão.

Fonte: Mundo do Marketing e IPC Target.